15/08/2017

Resenha: Os Impostores (A Garota do Cemitério #1)


Título: Os Impostores (A Garota do Cemitério #1)
Autor(a): Charlaine Harris, Christopher Golden, Don Kramer
Editora: Valentina
Páginas: 128
Ela adotou o nome Calexa Rose Dunhill, inspirada numa lápide do sombrio ambiente em que acordou, ferida e apavorada, sem qualquer lembrança de sua identidade, de quem a jogou lá para morrer ou mesmo do porquê.
Fez do cemitério o seu lar, vivendo escondida numa cripta. Mas Calexa não pode se esconder dos mortos – e, quando descobre que possui a estranha capacidade de ver as almas se desprenderem de seus corpos...
Então, certa noite, Calexa presencia um grupo de jovens praticando uma sinistra magia. Horrorizada, testemunha o ato insano que eles cometem. Quando o espírito da vítima abandona o corpo, ele entra em Calexa, atormentando sua mente com visões e lembranças que parecem não ser dela.
Agora, Calexa deve tomar uma decisão: continuar escondida para se proteger – afinal, alguém acredita que ela está morta – ou sair das sombras para trazer justiça ao angustiado espírito que foi até ela em busca de ajuda?

Recentemente a Valentina lançou a sua primeira HQ, chamada A Garota do Cemitério. Conta a história de Calexa, uma menina que sabe que morreu — pelo menos por um minuto — mas não sabe como foi parar naquele cemitério em uma noite chuvosa. Ela nada lembra de seu passado e por isso acredita que a melhor maneira de continuar viva é fingindo que esta morta para que seu assassino não a encontre.

Bom, o que mais chama a minha atenção quando se trata de HQ são as ilustrações e eu fiquei muito apaixonada com as ilustrações dessa HQ pois é rica em detalhes, principalmente nas expressões da personagem. A forma como os autores conseguiram expressar o que acontecia com ela pelos desenhos é maravilhosa. O texto acabou sendo muito mais um complemento do que qualquer coisa.

a bagunça do sorvete 
Eu gostei bastante da história, apesar de achar que a personagem ficava se repetindo bastante. Ela esta, até então, cerca de dois meses no cemitério e nesse período houve pouca evolução na questão de ela tentar descobrir quem ela é e como foi parar nessa situação. Em alguns raros momentos até houve uns flashback de seu passado mas nada que pudesse auxilia-la ou auxiliar o leitor. Pelo menos nesse primeiro volume o foco ficou mais em seu abandono, as pessoas que ela conhece e em Marla. Não sei sobre o que será o próximo volume, mas com o título Herança talvez dê para imaginar algumas coisas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Obrigada por comentar no Estilhaçando Livros. Se você tiver um blog deixa seu link que vou retribuir a visita com o maior prazer.